quarta-feira, 23 de julho de 2008

Um beijinho para o João e a Joana : )



Não é uma despedida oficial e definitiva, mas sabemos que é uma ruptura ao fim de cinco anos e meio dedicados à dança na nossa escola. O João André e a Joana, o par mais antigo da escola, vão fazer uma pausa na dança, uma vez que ele vai para Erasmus em Barcelona e ela poderá ir estudar medicina para Santiago de Compostela. Não sabemos se regressam à escola, claro, nem que futuro os espera, mas esperemos que não resolvam preferir Espanha a Portugal e sair do nosso campo visual! Apesar de não terem participado em muitas competições nos últimos tempos, foram sempre um par trabalhador e dedicado, que merece um destaque e algumas fotos de recordação da sua passagem pela escola : ) Desde a viagem numa carrinha onde a Joana estranhou o calor porque ia sentada em cima do motor, até viagens de carro onde eram o único par que acompanhava os professores, alternando com o Pedro e a Catarina, muitas conversas tivemos antes e depois de competir. Assistiram à chegada de novos pares, ao crescimento da escola, mantendo sempre uma postura muito simpática para com os novos colegas. E a Joana sempre se encarregou de manter a boa disposição nas aulas e ensaios, em cada queda aparatosa que protagonizava!
No seu percurso competitivo destaca-se a vitória no 6º Lisboa Open, no escalão Adultos Intermédios, que foi um verdadeiro momento de alegria para a escola. Nem sempre ganhavam, mas nessa competição, avaliada por júris internacionais, não houve dúvidas.
Neste momento só lhes podemos desejar boa sorte, que é sempre precisa, para as novas experiências que aí vêm e um futuro promissor nas vossas áreas. Se der para voltarem, cá estaremos, apesar de sabermos que as pausas, nesta modalidade, são sempre difíceis de contornar. Tudo de bom para os dois e aqui ficam uns momentos para recordar:



































18 comentários:

Anónimo disse...

Vamos deixar as despedidas para Setembro e vamos mas é organizar o jantar e o paintball... eu faço as equipas pois não quero ter que acertar no João e na Joana!

Independentemente de todas as alegrias relacionadas com a dança que compartilhámos convosco (desde alguns bons resultados competitivos que a Ana realçou, passando por espectáculos de sucesso e terminando no bom ambiente de trabalho e confraternização vivido nos ensaios), gostaria de mostrar a minha gratidão pela vossa passagem pela escola! Aliás, pela vossa contribuição no desenvolvimento equilibrado da escola.

Vamos sentir a vossa falta como colegas, como dinamizadores sociais da escola, como anfitriões e como exemplos de persistência nas vossas vidas académicas e na dança!

João, estou orgulhoso de ter desenvolvido uma relação com uma pessoa como tu e fico muito feliz de ter feito um amigo de grande valor. Desejo-te as melhores felicidades na tua vida pessoal e profissional e espero que a nossa relação de amizade se mantenha independentemente das distâncias espaciais e temporais a que ela possa estar sujeita!

Joana, tu e a Catarina foram as minhas primeiras alunas, tanto na escola como na dança! Assim, assististe ao meu desenvolvimento como professor e pessoa e eu assisti ao teu desenvolvimento como aluna e pessoa! Agradeço a paciência que possas ter despendido na nossa relação bem como a confiança que depositaste no nosso trabalho!
Desejo-te mto sucesso na tua vida pessoal e na tua carreira profissional! Vais gostar de Espanha (caso vás para lá estudar) e da experiência!

Vasco

Cátia disse...

Só fotos bonitas :)

Dá mesmo para ver que o ambiente da escola é positivamente completo. Agradável e salutar.
Parabéns a todos os que dela fazem parte pelo que ajudaram a criar.


Embora não conhecendo, um beijinho aos dançarinos e os votos de boa sorte para o futuro ;)


Beijinhos!

Ana Oliveira disse...

Cátia, queremos que arranjes um par e passes a conhecer toda a gente, porque o teu empenho tem sido excelente e coaduna-se com o espírito da escola. Faz uma campanha de Verão: procura-se para para dançar " à séria"!

Cátia disse...

;) Vou fazer por isso! Pode ser que em Setembro haja novidades boas. Seria óptimo :)

Paulo disse...

Pausas não são despedidas e as despedidas não são de amizade, ou seja, mesmo que fiquemos sem este par de dançarinos não vamos ficar concerteza sem a amizade deles. O mais importante é o futuro deles e mesmo que o próximo espectáculo fique mais curto e sem mais um "espectáculo de dança" acho que todos compreendemos e apoiamos as decisões deles porque são o melhor para os mesmos. Penso que esta foi uma bonita homenagem a um par de quem podemos tirar muitos ensinamentos. Um deles é sem dúvida o esforço que tiveram em conjugar os esforços e a negociar objectivos para que se mantivessem durante tanto tempo um par! Parabéns! Boa Sorte!
Beijinho para a Joana e abraço para o João! =)

Ana Oliveira disse...

"negociar objectivos" é uma boa expressão. Traduz o esforço que é preciso fazer enquanto par. Não pode ser sempre o mesmo a ceder, devem fazer sacrifícios um pelo outro e, acima de tudo, os objectivos têm que ser similares. O João e a Joana foram travando essa "batalha amigável" sempre com sabedoria, por vezes não conseguindo fazer as coisas como queriam mas tendo sempre presente um factor que os uniu como par: a cumplicidade e o respeito que tinham um pelo outro. Muitas vezes os vimos a rir juntos, um com o outro e nunca um do outro : )
As despedidas nunca são de amizade, claro. Cá estamos quando regressarem.

Paulo disse...

É realmente importante o respeito e a cumplicidade num par. Negociar os objectivos, os caminhos para os alcançar, ter compreensão pelos imprevistos e pelas dificuldades, etc. Claro que a amizade facilita muito e se partilhamos outros momentos que não são de dança tanto melhor! Trabalhar quando é para trabalhar mas também haver momentos de diversão, discussão (descomprime! =) ) e de brincadeira. Rirmos juntos mas também um do outro...o que seria a minha vida sem me rir da Sara? Bahh! =)

ju disse...

Muito obrigada por nos terem dedicado este cantinho :)
É muito bom sentir este carinho num momento que apesar de tudo esta a custar muito..muito mesmo.. :'(

Nem sempre é facil uma relação em que por vezes a amizade se sobrepôe a relação professor/aluno, mas a conquista de uma amizade assim é muito reconfortante.. com voces partilhei grande parte da minha vida nos ultimos 5 anos...frustações, desabafos, conquistas, alegrias...
Todos sabemos que é dificil conciliar valores, ideais, objectivos e personalidades numa pista de dança, mas quando o conseguimos tudo vale a pena, e a verdade é que estes 5 anos valeram muito a pena :)

Obrigada por nunca terem desistido de nós...por confiarem sempre no nosso trabalho...por respeitarem o nosso espaço..e acima de tudo muito muito obrigada por terem abdicado das metas que sempre nos propuseram em prol da nossa amizade...

Um beijinho muito sentido e com muito carinho desta amiga que vos admira imenso :)

Ana Oliveira disse...

; )
Valeu a pena esperar pela resposta da Ju : )

João André disse...

Se a resposta da Joana demorou...a minha então nem se fala!!!Mas o que interessa é que aqui estou para comentar este nosso cantinho que nos foi dedicado, que aproveito desde já para agradecer e felecitar. Pois bem, foram 5 anos de muita música, de muita dança, de muito risota, mas também de algumas discussões e conflitos...mas que sempre foram ultrapassados com sapiência e respeito, razão pela qual a nossa ligação à escola foi tão intensa e duradoura. E com isto, e como não podia deixar de ser, terei de falar daquelas duas pessoas extremamente chatas e aborrecidas que são o Vasco e Ana...que eu detesto e que ja não os podia aturar!!Lololol...estou a brincar!!! Foi um prazer imenso poder trabalhar com duas pessoas tão amorosas e queridas como vocês os dois, que sempre deram tudo não só na vida em geral como também na dança...e que são os mentores de todo este projecto que reúne muita gente. Admiro-vos muito pela vossa seriedade, humildade e dedicação...atributos esses que sempre tentei incutir na minha própria vida e que convosco reforçei ainda mais!!Espero por isso que tudo corra pelo melhor na escola e na vossa vida pessoal, e de uma coisa podem ter a certeza...a amizade nunca se esquece e o carinho que nutro por vocês será sempre o mesmo...ou seja, imenso!! Beijinhos e abraços deste vosso "aluno", João Silva

Vasquinho, também gostei muito de te conhecer pessoalmente e de poder conviver contigo durante todo este tempo...do que só guardo boas recordações, acredita!!Quanto a ti Aninhas, eu já te "conhecia" um pouco melhor como tu sabes, mas sem dúvida que com as danças passei a conviver muito mais contigo, e com isso pude conhecer-te e confirmar que és sem dúvida uma pessoa 5 estrelas. Aos dois um muito obrigado pela vossa paciência e dedicação...e um beijinho e um abraço deste vosso AMIGO, João Silva

Ana Oliveira disse...

Bem...definitivamente, valeu a pena esperar pela resposta do João! E o efeito surpresa, de quem já não estava à espera, ainda tornou a resposta mais intensa! Isto também porque, entretanto, já estás no país vizinho...e nós já sentimos saudades : )
Não sabemos como te está a correr, mas esperamos que o melhor possível, e que tenhas todo o sucesso na concretização dos teus objectivos.
Por cá...já sabes, estamos nos sítios do costume, para quando vieres de visita : )
Entretanto, usa este nosso cantinho para ir deixando novidades e nos contares como estás.
Obrigada pelas palavras e pela amizade.
Um grande beijinho

Anónimo disse...

Olá "meninos", tudo bem com vocês??
Espero bem que sim =) Por aqui está tudo a rolar...ou pelo menos faz-se por isso!!Sim...porque estes espanhóis nem sempre são fáceis...mas no fundo até são boas pessoas,lol!!pois é...sempre que posso tenho visitado este nosso cantinho e dá para ver que está tudo a correr bem!!Isso deixa-me contente, não só pela escola mas principalmente por vocês os dois...são duas pessoas de quem gosto imenso e a quem desejo, portanto, o melhor deste mundo...a sério!!!Por isso deixo-vos um grande beijinho e um grande abraço, respectivamente, e espero muito sinceramente poder ver-vos quando for aí no Natal...porque também já saudades vossas!!!Vale???

Hasta siempre compañeros =)))

Beijinhos e abraços para todos,

João Silva

P.S - À dias dei comigo a pensar em todos os bons e muitos momentos que tive na dança...foi deverás gratificante recordá-lo!!Obrigado por tudo!!!

Ana Oliveira disse...

Joãozinho!!!Finalmente novidades... É engraçado escreveres no "teu" tópico...Tenho pena é que nem toda a gente leia, porque poucos se lembram de vir espreitar tópicos antigos. Eu é que tenho a sorte de receber as notificações : )
Ainda bem que está tudo bem contigo. Também temos saudades e gostávamos de te ver no Natal!Como é? Apareces? Estamos a preparar um espectáculo que deverá estrear no início de Janeiro. Por acaso não estarás por cá?...
Senão é fácil... Amanhã partimos para Salou...Vamos competir no Spanish Open, como é habitual...Ora, pelo menos mais pertinho vamos ficar! Se quiseres dar lá um saltinho, que é bem perto, avisa : )
É muito bom ouvir/ler elogios desses de vez em quando : ) Fico contente por saber que a amizade e o trabalho que fizemos juntos te deixou boas recordações. Eu não tenho dúvidas de que vivemos óptimos momentos, muita aprendizagem, diversão e cumplicidade. Nunca deixam de ser o par mais antigo da escola : )
Um beijinhos grande.

Vasco disse...

Caríssimo,

foi com surpresa e grande agrado que recebi a notícia de que voltaste a dar novidades! (A Ana disse-me mal leu a tua simpática mensagem).

A surpresa não tem nada a ver com o afecto que manifestas (que, obviamente é mútuo) e com os teus simpáticos votos, mas sim com o facto de a tua participação ser extremamente pertinente pelo momento em que surge porque:

1-aproxima-se o Natal e, apesar de ainda não existirem planos para o famoso jantar tradicional, a vontade de te rever num contexto que ajudaste a desenvolver e no meio de pessoas a quem deixaste muitas saudades, estimula a nossa vontade em organizar tal evento.

2-o momento para um incentivo foi muito oportuno...há alturas em que o cansaço aumenta e a paciência para resolver problemas diminui e questionam-se muitas coisas.

3-vamos amanhã para Salou onde ficaremos 6ª e Sáb...não haverá possibilidade de nos encontrarmos?

4-é óptimo ter notícias de quem está longe e nos desperta saudade e muita amizade.

Continua a fazer com que as coisas continuem a "rolar". Daqui a nada estaremos juntos outra vez!


Grande Abraço!

Joana disse...

Não sei se alguem irá ler esta mensagem, mas faço-o pelo simples prazer de o fazer... :)

Ha momentos na vida em que involuntariamente nos agarramos a tudo o que um dia nos fez realmente feliz, a todas as oportunidades que tivemos de arrancar sorrisos, e as todos os sorrisos que nos arrancaram...

Ao rever estes pequenos memorandos de alguns momentos que passei nesta familia, é sufocante a quantidade de lembranças que despertam... as melhores exibições, os melhores campeonatos, as viagens mais engraçadas, as conversas mais reconfortantes, o último treino, o último espectaculo, a decisão final... :'(... Sei que na vida nada é definitivo, mas há coisas muito difíceis de recuperar... De facto, a vida é feita de opções que nos impedem de seguir determinados caminhos, mas há algo que a vida nunca nos pode tirar... as recordações...
Recordar aquela emoção tão desesperdamente apaixonante de dançar para alguém é angustiante...Fi-lo toda a minha vida e estes 3 ultimos anos quase sem dançar para ninguém têm sido sem dúvida incompletos...

Continuo a dançar e penso que o farei sempre...Mas toda aquela emoção, vibração, explosão, veracidade que uma exibição de danças de salão nos permite,é realmente dificil de recuperar...vocês alimentaram ainda mais este bichinho, e é por isso partilho este pensamento com vocês...

Um beijinho enorme para vocês os três e para quem eventualmente num momento mais nostalgico, encontre este comentário num blog até já encerrado :)

Academia de Dança disse...

Querida Joana,

Há sempre alguém que lê o que se escreve neste blog adormecido (mas não inactivo), nem que seja apenas eu e o Vasco : ) Por isso podes acrescentar ao prazer que tiveste a escrever a mensagem, a alegria que nos deste ao lê-la.

É muito emocionante perceber que a tua passagem pela escola te marcou da forma que descreves. Ler a tua mensagem nesta altura fez-me também recordar todo um percurso e relembrar pessoas. Vocês foram os primeiros! Não há amor como o primeiro : )
Contagiaste-me, definitivamente, com a tua nostalgia, até porque percebo perfeitamente a angústia de que falas. Nós também já não competimos e as recordações de todas essas sensações e experiências de que falas estão cada vez mais difusas. E eu, agora mãe e doutoranda, tenho dedicado muito pouco tempo à dança, pelo que me sinto um pouco como tu! De qualquer forma, é como dizes: as recordações permanecem e fazem-nos bem, principalmente porque são muito boas.

Há fases para tudo na vida. Não faz sentido querermos recuperar aquilo que já passou, mas é sem dúvida muitíssimo bom ter surpresas como esta que nos proporcionaste!

Obrigada.
Esperamos que estejas bem.
Sabes onde nos encontrar para uma visita ; ) (Aqui a mamã só está aos Domingos das 18h às 20h).

O nosso jantar não ficou sem efeito, mas tem havido muito pouco tempo para o organizar. Assim que houver novidades todos serão contactados.
Matar saudades : D

Joana disse...

Que resposta tão inesperadamente rapida... Parece que mais tarde ou mais cedo todos passamos pela transição entre uma felicidade genuína e uma felicidade racional... è sinal que crescemos :)

Já planeei imensas vezes ir visitar vos às novas instalações, mas o tempo passa a voar e os fins de semana ainda mais, e acabo sempre por adiar... Mas prometo que aparecerei um dia destes ;)

Ana, Fico muito contente por saber que sempre te decidiste a partir para o doutoramento...o percurso é longo mas valerá certamente a pena..

Como está a leonor?? quase a competir e eu ainda nem a vi a dar uns passitos.. Também tenho que colmatar essa falha ;)

Beijinho muito especial para os tres :)

Academia de Dança disse...

Então ficamos à tua espera ; )

Sim, o doutoramento foi uma boa decisão! Apesar de por vezes dar por mim a pensar em como é que consigo conciliar tudo, foi a melhor altura para o fazer. Estou a gostar imenso (e ganhei a bolsa : )))).

Quanto à Leonor : D... está óptima!
Essa é que é a melhor experiência de todas,supera tudo e não dá para descrever!
Ela não pára um segundo e é preciso muita energia para a acompanhar! Já não treino muito dança mas faço um exercício do caraças para tomar conta dela : )
Tens que fazer dupla visita: uma a casa da Leonor e outra à Academia.

Beijinhos!