domingo, 27 de julho de 2008

Resultados 10º Festival Cidade do Porto

Terminou ontem, por volta da uma da manhã, mais um festival internacional na cidade do Porto, com a já habitual participação de bastantes pares portugueses e estrangeiros. Este campeonato é, anualmente, o último antes das férias de Verão, onde todos os pares procuram aplicar os resultados de muitos meses de trabalho, antes de uma eventual pausa ( para quem não vai ao German Open : )).
O Manuel e a Sara tiveram a sua primeira experiência internacional, e, uma vez que ainda são intermédios e tentaram a sorte num contexto maioritariamente open, as quatro cruzes que obtiveram de uma júri espanhola foram bastante positivas. Aproveitaram, igualmente, para assistir a grande parte da competição, sendo que esta é apenas uma das duas oportunidades que temos para assistir a um evento internacional em Portugal. Não só por termos acesso à demonstração de pares estrangeiros mas por, essencialmente, assistirmos a muita dança, torna-se essencial estar presente, melhorar a cultura de dança.
Já os professores tiveram o seu melhor resultado nesta competição e, em geral, feitas as comparações com os outros pares portugueses, que são sempre a nossa referência mais próxima, a melhor de sempre. Ficámos em 13º lugar num total de 72 pares, mesmo à portinha da meia-final. Pela decisão de fazer o chachacha de frente para a Ju, Kathy e Rachel nos quartos de final, meninas, só vos temos a dizer: não nos arrependemos. Gostámos do vosso apoio no início do samba, quando não sabíamos que estavam lá! E pronto, não seria por aí...acho eu : D
Fomos, assim, o quinto melhor par português : ) Ficámos bastante satisfeitos com o resultado que, apesar do intervalo matrimonial que fizemos, foi proporcional ao trabalho que temos feito nos últimos tempos.
Para além do trio maravilha e surpresa de que falei, tivemos a sempre atenta assistência da Cátia, de Oliveira de Azeméis, que, desde que está connosco, se tem mostrado muito interessada em evoluir na dança, aprender e conhecer. Foi o primeiro campeonato a que assistiu, levou logo um rico banho de dança! E do Amaral, claro...a quem devemos um agradecimento pelas filmagens e pelo acompanhamento que tem feito da nossa dança, de quem ouvimos críticas e incentivos construtivos, pelo facto de nos ver sempre atentamente e conhecer a nossa evolução. Tem tido opiniões que batem certo com os resultados, o que nos deixa realizados: é sinal de que desenvolveu já uma boa cultura de dança. Vê muito e com muita atenção. Costuma, inclusive, baixar a cabeça e ver de baixo para cima : ) Não o estão a ver assim?
Na final de Adultos IDSF venceu o par português Carlos Custódio e Elena Plascenco, que manteve um constante duelo com os nossos também queridos e aplaudidos hermanos Nicolas Garcia e Masha Turlupova.

9 comentários:

Cátia disse...

Foi um óptimo espectáculo de dança :)
Uma experiência certamente a repetir, se possível já do outro lado, com maquilhagem e vestido ;)

Parabéns Ana e Vasco pelo 13º lugar! Como já disse à Ana, gostei de todas as vossas danças mas, se tivesse de eleger uma, seria o samba :)


Beijinhos!

P.S.: Eu vou dando notícias sobre o jantar de 6 de Agosto com os alunos de Oliveira. O Ricardo que avise o par, a Cátia :)

Ana Oliveira disse...

Sim...queremos-te maquilhada e com um vestido fantástico. Com par, antes de tudo!
O samba tem sido uma luta constante para nós. Não está como queremos, claro, mas melhorou muito.
O Ricardo está avisado. Ainda não respondeu, mas olha...se formos poucos faz-se na mesma.
Beijinhos

ricardo disse...

o quê que se faz?

Ana Oliveira disse...

O Ricardo não és tu, Amaral, é o de Oliveira de Azeméis. Estamos a falar do jantar de lá.
Já agora, Cátia, as presenças do Ricardo e da Cátia estão confirmadas. Beijinhos

Cátia disse...

Ok Ana!

Falta então escolher o local. Vou enviar mensagem à Mafalda para recolher opiniões.
Depois comunico ;)


Beijinhos!

Vasco disse...

Quinto melhor par português? Elena Plascenco? Mette Elkjaer? Nomes tipicamente portugueses... Além dessas dançarinas não serem portuguesas, são pares que têm grande parte da sua formação no estrangeiro e são profissionais da dança (tal como os outros do nosso escalão).

Assim, parabéns a eles (obviamente) mas não deixam de pertencer a outro contexto! Apenas o Pedro Borralho e o Pedro Vieira ficaram à nossa frente (empatados em nono)! Parabéns também a eles!

Paulo disse...

Nem sei o que dizer...A verdade é que estou com um peso na consciência brutal! =S Peso esse que os professores aumentam todos os dias... sem complacencia alguma... =( e o pior é que têm razão... Mas enfim não faltarão oportunidades tanto de ver campeonatos internacionais como de ver os Mestres brilharem!
Agora transcrevo uma frase do Mestre há uns 4 meses atrás: "dancem pelo prazer de o fazer e de evoluir, um dia terão os resultados que merecem (nem que seja lá fora)"... A verdade é que um campeonato internacional é sempre muito mais fiável, como todos sabemos, e que dançar por prazer subentende treinar mais e melhor, evoluir e nunca desistir! E é isso mesmo o que os professores fazem e nos ensinam a fazer! Já vimos todos o que os professores são capazes, comprovamos a técnica e o conhecimento deles em cada aula, vimos o esforço e o trabalho quando treinamos e por isso este resultado, sem dúvida óptimo e merecido, não é motivo de espanto e de surpresa, apesar de ser de bastante alegria! Parabéns! Contudo prefiro dizer: Continuem! Tiveram a prova de quem percebe um bocadinho mais de dança do que eu (só mm um bocadinho! :)) de que estão no caminho certo e foram recompensados por isso!
Porém, a minha opinião sobre o vosso talento não se alterou, assim como não se altera quando corre menos bem porque quem acredita, acredita sempre!

Continuem! Há uns alemães a precisar de umas aulinhas!

Abraço e Beijinho

Ana Oliveira disse...

Obrigada, Paulo : )
Estás quase a ser perdoado do apoio que não deste lá...pelo apoio que deste agora. : )

ricardo disse...

o nosso jantar e dia 4...xD