domingo, 8 de março de 2009

2ª Taça de Portugal, Nave de Espinho

A 2ª Taça de Portugal, organizada pela Academia Pedro Sousa na Nave de Espinho, foi, sem dúvida, o melhor campeonato a que já assistimos em termos de organização. Houve muitas novidades, bastante profissionalismo na organização e nos pequenos mas importantes detalhes e, para mim o mais importante, atribuiu-se aos dançarinos o verdadeiro protagonismo que eles merecem. Naturalmente, para que uma competição de dança desportiva exista, muita gente está envolvida. De qualquer forma, são os dançarinos que proporcionam o espectáculo e nem sempre as condições favorecem o brilho associado a esta modalidade. Desta vez, com o trabalho de luzes, o espaço, a decoração, todo o ambiente e o público (uma verdadeira enchente), dançar tornou-se numa experiência melhorada. Ainda melhor : D
Ressalvo duas medidas que alteraram a rotina e que penso que poderiam e deveriam ser repetidas: as finais de clássicas à noite, para muitos dos que só assistem a essa parte poderem assistir às danças clássicas, e o facto de terem atribuído as classificações dos mais pequenos antes do intervalo para jantar (esperar pela meia-noite é uma violência para eles).

A nossa escola esteve representada por seis pares, cinco deles finalistas. Uma boa média : D
Começo pela estreia: o Diogo e a Marisa surpreenderam todos no seu primeiro campeonato, mantendo uma excelente atitude e ficando no pódio, em terceiro lugar : D Portaram-se muito bem, não ficaram muito nervosos e só se atrapalharam com a música no jive (pronto, e um bocadinho no paso doble). Penso que foi uma óptima estreia. O Diogo lá teve que ir receber a medalha sem a Marisa mas nem por isso perdeu a postura ; )
O Nuno e a Isabel tiveram um verdadeiro impasse na final, parecendo que estavam a dançar samba em câmara lenta! Voltaram a sair da música no jive, pelo que o quarto lugar que obtiveram foi justo, relativamente a esta performance menos habitual neste par. Todos têm os seus altos e baixos : D Para a próxima damos um empurrão para eles passarem à segunda mudança : D De qualquer forma, dançaram bem se esquecermos esses incidentes.
O Tiago e a Raquel estão de parabéns pela resistência aos "massacres". Foram prejudicados e o 4º lugar que obtiveram na final não é,de todo, o que merecem. Mas estamos cá para resolver tudo o que parece servir para os desconcentrar. Continuem a trabalhar e a dançar bem ; )
O André e a Joana foram o par com melhor classificação, obtendo um excelente segundo lugar, que ainda deixou a desejar aquele primeirinho que nos parece merecerem. Meninos, sejam ainda mais convincentes na vossa qualidade. Dançaram muito bem. Melhor do que no último, melhor na final do que na meia. Assim é que é. Sempre melhor.
O Manuel e a Sara tiveram o retorno de toda a evolução que têm apresentado nos últimos meses. Uma melhor dose de trabalho, um investimento muito bom na apresentação, uma melhoria da confiança em pista e da expressão de ambos, tudo bem misturado, e tivemos par finalista, algo que era difícil acontecer na época anterior. Na final ficaram com um sexto lugar, que deixa aquela vontade e necessidade de aproveitar a onda e trabalhar mais e melhor. Não se esqueçam, talvez não seja mau relembrar: vocês têm uma aula por semana e treinam, em média, dois dias semanais. Isso, no mundo da dança actual, é muito pouco competitivo com o panorama de investimento de tempo da maioria dos pares. Por isso, dentro do possível, rentabilizem sempre o vosso tempo, como têm feito ultimamente. Parabéns!
Finalmente, o Ricardo e a Helena ficaram em 16º lugar num total de 25 pares. Como já conversei bastante com eles sobre este lugar, não me vou prolongar mais. Deixo aqui mais um apelo, sem me querer tornar uma professora verdadeiramente aborrecida: se não puderem investir mais do vosso tempo na dança, pronto, não podem. Têm é que ter consciência do tipo de concorrência que têm,dançarinos a quem não treinar um dia até faz mal ao coração.

Tivemos a assistência de alguns alunos ainda não competidores (Cátia,que veio de mais longe para estar sempre a par ; ), Paulo e Catarina, que aproveitaram para espreitar o seu futuro escalão e dar também uns passinhos de salsa e kizomba) e ex-alunos que vieram apoiar os colegas (Marta, Daniel, Sara Nicole, Carlos Gaio e Paula em representação da turma de social : D). Um beijinho para todos.

Ficam aqui as classificações e, para terminar, a reportagem fotográfica:

Diogo e Marisa, Juniores I Iniciados, 3º lugar num total de 6 pares;
Nuno e Isabel, Juniores I Intermédios, 4º lugar num total de 8 pares;
Tiago e Raquel, Juniores II Intermédios, 4º lugar num total de 11 pares;
André e Joana, Adultos Iniciados, 2 º lugar num total de 10 pares;
Manuel e Sara, Juventude Intermédios, 6º lugar num total de 16 pares;
Ricardo e Helena, Juventude Open, 16º lugar num total de 25 pares.





O Diogo "sem Marisa" no pódio, em terceiro lugar no seu primeiríssimo campeonato. Muito bem!
















Mas o que é que se passa nesse lado direito?










Miguinha, vieste apoiar-me e ver-me ficar em 2º lugar : D
















Penso que foi o campeonato mais "povoado" a que já assistimos.

7 comentários:

Ju disse...

: )


muito bom!


beijii^^

Anónimo disse...

Parabéns pelo blog. Gostaria de salientar o SEU envolvimento na DANÇA DE SALÃO em PORTUGAL em prol da JUVENTUDE sádia que existe em todas as ESCOLAS, assim como o partilhar da alegria de todos (JOVENS a IDOSOS) participantes.
Quero também deixar uma mensagem muito especial a todas as escolas, para que, com as muitas dificuldades existentes ( SEM QUALQUER APOIO GOVERNAMENTAL), nunca deixem este SONHO morrer.Lutaremos sempre em conjunto, para que os nossos objectivos sejam alcançados.
OBRIGADO
Anonimo

Manuel disse...

Campeonato Espectácular! Então a ida à final ainda melhor :D

A organização esteve excelente! Estou a ver que a partir de agora toda a gente vai querer todos os campeonatos na Nave Desportiva de Espinho! XD (para nós era óptimo :P)

Cátia disse...

Parabéns a todos os pares!!

Foi um óptimo espectáculo de dança, de facto, embora eu tenha saído bem antes do final e acredito que tenha melhorado!

André e Joana, tive imensa pena de não vos ver (saí mesmo alguns minutos antes ;)) mas com o resultado que obtiveram só pode ter sido óptima.

André, gostei de te rever, bem como ao Paulo! O Daniel ainda vou vendo pelo Porto, uma vez por outra :)


Beijinhos a todos e parabéns Ana, pela reportagem!

Ana Oliveira disse...

Obrigada, "anónimo", pelo seu incentivo. Não sei de onde me escreve mas parece-me compreender o esforço que é preciso fazer para manter uma paixão como esta acesa e incentivar os jovens a darem o melhor de si. Como há sempre situações, problemas e contrariedades que também nos podem desanimar, as palavras encorajadoras são sempre um mote para se continuar : D

A Ju está contente : ) Em poucas palavras é sempre muito expressiva.

Manuel, não é bem os campeonatos passarem a ser na Nave Desportiva. É mais as próximas organizações tomarem o exemplo e responderem a um claro aumento da fasquia. E, claro, procurarem espaços que nos forneçam condições como o Nave de Espinho.

Cátia, obrigada pela tua presença e interesse pela dança. O André e a Joana dançaram, de facto, muito bem.
Beijos a todos.

mafalda disse...

Olá:D! Como já disse, eu e o Ricardo lamentamos imenso ter perdido essa competição... Mas queremos desde já assegurar os nossos PARABÉNS A TODOS OS PARES!:) E expressar a nossa esperança de que para a próxima vão haver 1os. lugares!;) Beijinhos e abraços

Ana Oliveira disse...

Obrigada Mafalda! E esse primeiro lugar de que falas já é uma realidade : D
Beijinhos